10 janeiro, 2008

Por falar em Starbucks...

Toda empresa que cresce rapidamente, inaugurando lojas e mais lojas, acaba renegando a segundo plano seu panejamento de expansão. Porém, chega um momento que você cresce em unidades de lojas mas não aumenta volume de vendas/clientes. Até porque, você descobre, que está "brigando" é pelo mesmo cliente.
Com McDonald's foi assim, com Casa do Pão de Queijo também e agora, está sendo com Starbucks. A empresa renomeou Schultz ( o homem que fez Starbucks o que é hoje) como CEO (antes estava como presidente do conselho) para desacelerar a abertura de novas lojas (leia-se nos EUA, Europa e Austrália) e tentar frear o fechamento de tantas outras! Se não, estaria perdendo o foco que é conforme a missão da empresa estampada em todas a lojas: "Estabelecer a Starbucks como o principal provedor dos cafés mais finos do mundo, sem jamais comprometer os seus princípios, ao longo de todo o nosso processo de crescimento."
Na matemática da empresa, em 2007 fechou com uma queda de UM PORCENTO de visitantes/lojas que é suficiente, para a redução de abertura de 100 novas lojas em 2008...I-N-C-R-Í-V-E-L!!!
Também, neste plano de re-re-re-restruturação está a preocupação com a re-entrada do McDonald's neste mercado através do nosso conhecido McCafé. É verdade, que o McCafé nunca deu certo (efeito, Starbucks é claro!) dentro dos EUA (no Brasil é diferente, é a maior rede de cafeteria, com 49 lojas McCafé).
Só que agora, a estratégia do Mc é integrar as bebidas do McCafé ao cardápio das lojas e principalmente dos Drive-Thru que responde por 2/3 das vendas da empresa somente em solo americano.

3 comentários:

Gourmandise disse...

Não ficaria nem um pouco triste se esta rede quebrasse...rsrs
bjo,
Nina.

Dan disse...

Desde 92 esta rede apresenta bom crescimento para a alegria de seus acionistas, algo como 1300%, porém somente em 2007 com quase 50% de queda nas suas ações, faz-se necessário tomar medidas para reverter esse quadro (já deveria ter feito). Ela é um marco na indústria do café, isso é indiscutível.

Aluno aplicado disse...

pô professor, usando estudo de caso em post ou é o post que virou estudo de caso em sala? rs...

abs,